4 de jun de 2010

as palavras mirraram
(ou foi a vida?)
ao contrário da fonte
que começa num fio
até se tornar caudaloso
rio

perene

fluíam
agora não fluem mais
intermitente espera
que venham as chuvas
ainda que não
estação

tenho um barco

Um comentário: